Palavra do Presidente

Ao começar um novo ano nossa esperança se renova no Senhor. Porque a cada momento temos consciência que o Senhor da igreja se aproxima para consolidar o seu projeto de restauração integral do corpo de Cristo. Mas cabe a igreja a preparação especial para este encontro já preparado por Deus. Assim, há uma importante tarefa a ser realizada. Presbíteros conciso da sua vocação e focados na preparação do rebanho deverão saber que “a congregação” necessita de cuidados preventivos contra os princípios que afetam a estrutura vital da igreja. Tais como, esfriamento na fé, não cumprimento da missão delegada por Jesus Cristo, abandono das escrituras como regra de fé e pratica, abdicação da graça objetiva (profundo conhecimento das escrituras e banalização do batismo e Santa Ceia).

Combater o perigo que cerca o arraial cristão retornando ao princípio calvinista. Reforçando doutrinas essenciais como: -Total Depravação; - Eleição Incondicional; - Expiação limitada; - Graça Irresistível; - Perseverança dos Santos. Pois a sociedade atual clama por um “Kerigma” (Proclamação verídica, Ipis liter conforme impresso nas sagradas escrituras) e não se esquecendo de aplicar nossos símbolos de fé. A crise atual da sociedade em vários seguimentos, como: - Econômico, Social, Político e Religioso que vem das ruas contra “corrupção” só será combatido pela “metanóia” apresentada pela agencia anunciadora “de boas novas”.

Cabe ao PRESBITÉRIO DO PLANALTO, orar pelas suas igrejas, Pastores, Presbíteros regentes, Juntas Diaconais, revitalizar todas as sociedades internas (União de Crianças Presbiteriana- UCP; União de Adolescentes Presbiterianos – UPA; União de Mocidade Presbiteriana – UMP; Sociedade Auxiliadora Feminina – SAF; União Presbiteriana de homens – UPH) e por fim amar uns aos outros. Que o Senhor da Seara abençoe todos e que o ano de 2015 seja riquíssimo na presença do Senhor. Nesta saudação está embutido 

 

Seu conservo Rev. Luís André.